O começo das minhas atividades com moda foi fazendo books para adolescentes. Até hoje é um mercado em que eu atuo e muitas vezes ouço a mesma coisa de anos atrás, porém de diferentes aspirantes a modelo: fui numa agência mas eu acho que eles estão me enrolando.

Porém, agência de modelos é o primeiro lugar a ser procurado pelas pessoas que querem se aventurar no ramo. E é o certo a se fazer. Mesmo assim muitas modelos vêm me procurar para tirar dúvidas sobre valores e obrigações de agências. Não sou a pessoa certa para poder falar sobre isso, tendo em vista que nunca trabalhei em uma. Mas claro que sempre há o lado amigo que quer dar conselhos e consequentemente tentar direcionar as modelos para o melhor caminho. Vou colocar o meu ponto de vista sobre as dúvidas mais comuns das modelos em relação às agências:

  1. Eu posso fazer o meu próprio composite ou tem que ser feito na agência?

R: Você pode fazer um composite, mas ele servirá de quase nada. No final das contas a agência fara o seu composite dentro dos padrões estabelecidos por ela, acompanhado de seu logotipo.

  1. A agência colocou no pacote a revelação de 100 composites, sendo que 1 fica pra mim e 99 ficarão na agência para posteriormente serem entregues à clientes, por isso o alto valor. Isso é verdade?

R: Existem duas possibilidades. A primeira é a agência mencionar os 100 composites impressos para justificar um alto valor, mas que na verdade ela imprime conforme a demanda. A segunda possibilidade é que a agência realmente imprima 100 composites e mantenha armazenado para quando for preciso enviar a algum cliente. Se essa segunda possibilidade for verdade, a agência está jogando dinheiro fora. Primeiro que o composite como o conhecemos está cada vez mais caindo em desuso. Isso porque o cliente raramente pede o perfil do modelo impresso sendo que é muito mais fácil entrar no site da agência e ver fotos em alta resolução e ampliadas, além das medidas e características do mesmo.

  1. A agência me prometeu um determinado número de fotos além das que vão no composite. Essas fotos me servirão de alguma coisa?

R: Dificilmente. Quando você for fotografar para um casting, é bem provável que te peçam para passar pouca ou nenhuma maquiagem, unhas com cores bem claras e roupas simples como uma camiseta ou blusinha e uma calça jeans. Isso acontece porque dessa forma fica mais fácil aplicar uma maquiagem ou figurino digitalmente na sua imagem. As agências fazem isso para ver como uma produção e um determinado beauty ficariam em você. Ou seja, as fotografias não terão um padrão estético de um editorial. A não ser que a agência permita que você mude o figurino ou que produza um editorial seu ali na hora, você ficará com fotografias um tanto simplórias.

  1. Posso fazer as fotografias em outro lugar e levar nas agências?

R: Pode. Porém nem todas as agências aceitam fotografias vindas de outros lugares e nem todos os lugares sabem fazer fotografias para composite. Se informe primeiro na agência. Caso seja permitido, procure estúdios que tem experiência em produções de fotografias para agências.

  1. É vantajoso fazer as fotografias fora da agência?

R: Depende do valor cobrado pela agência e do que o estúdio pode te oferecer. Se você considerar o valor da agência justo, faça lá mesmo, mas não sem antes ver a proposta do estúdio. Aqui na Echoes por exemplo, além das fotografias mais básicas para o composite, também fazemos fotografias extras com outros figurinos, a produção e a direção das cenas. Pode ser comprado também o beauty para as fotografias extras. Ou seja, quem faz o book aqui na Echoes sai com as fotografias para a agência e mais um book no estilo editorial de revista.

  1. Algumas agências têm entrado em contato comigo com muita frequência solicitando o meu comparecimento para fazer um shooting, mas estão me cobrando caro por isso. Significa que já tem algum cliente interessado?

R: Não. Significa que a agência precisa do seu dinheiro. Entenda que a agência ganha dos dois lados. Ela ganha dos modelos que pagam para fazer um book e manter seu portfólio em seus registros e ganha dos clientes que contratam modelos através dela. Ora, se um cliente realmente gostou do seu perfil e quer te contratar, a agência jamais correria o risco de te perder cobrando um valor alto.

  1. Quais são as melhores agências atualmente?

R: Não sei. É importante que você faça uma minuciosa pesquisa antes de pagar para ingressar numa agência. Faça uma busca no Google, mantenha contato com outras modelos, peça opiniões, analise casos de sucesso. Só assim você poderá saber quais agências são sérias.

  1. Os agentes dizem que gostaram muito do meu perfil e que eu tenho chances. Mas eu sei que não tenho altura e não considero o meu perfil dentro dos padrões da moda. Estou sendo enganadx?

R: Não necessariamente. Quando pensamos em modelos já nos vem à tona aquela imagem de pessoas altas, rostos simétricos e perfeitos, cabelos impecáveis, zero “defeitos”, etc. Ou seja, pensamos em modelos de passarela. Mas o mercado de modelos tem um leque extenso de possibilidades e cada um pode se encaixar em um propósito diferente. Hoje em dia os clientes procuram modelos para: passarela, eventos (como Salão do Automóvel, Comicon, etc.), comerciais, figuração, programas de auditório, campanhas publicitárias e por aí vai. Cada seguimento pede um perfil diferente e um deles pode ser o seu. Se esse é o seu sonho, siga em frente.

  1. A melhor forma de ingressar na carreira de modelo é através de agência?

R: Sim. São raros os casos em que um agente descobre um modelo por acaso na rua e constrói sua carreira. Estando agenciadx você tem mais chances de ser vistx.

  1. Como posso melhorar minhas chances?

R: Isso na verdade é um extra. Ninguém nunca me perguntou. Mesmo assim eu considero um assunto fundamental para a gente encerrar nossas dicas. A primeira coisa a se fazer é não se considerar modelo sem nunca ter atuado na área. O fato da sua mãe dizer que você é bonitx não lhe torna modelo. Não é só a sua aparência que vai fazer com que entre pro ramo. Sua postura dirá muito sobre você. Pesquise bastante sobre a profissão. Ser modelo não é só chegar lá e mostrar o que a natureza lhe deu.

Quer saber mais? Leia os artigos 10 coisas que você precisa parar de fazer e 10 coisas que você precisa começar a fazer.

 

Clique aqui e leia mais artigos do nosso blog de Estilo & Comportamento

Pin It on Pinterest